NOTA: Qualquer pessoa que se sinta ofendida pelos conteudos /opiniões aqui expostos deve demonstrá-lo para o email abaixo indicado. Os comentários estão abertos com a devida moderação e os artigos a publicar neste BLOG devem ser enviados para o email:
vozeslivresmacao@sapo.pt
Visitantes Online
Quarta-feira, 30 de Setembro de 2009

PROCLAMAÇÃO

Crónica publicada no mensário VMT – Voz da Minha Terra, de Mação. Campanha eleitoral autárquica oblige. Apesar de ser um exercício da mais pura ficção, não restam dúvidas de que desejo, ardentemente, como qualquer maçanico que se preze, 35 anos depois de um avassalador poder laranja, que ele possa ser proferido pela candidatura socialista à Câmara de Mação liderada por Nuno Neto e Helder Oliveira. Chegou a sua hora . Boa sorte e, se possível, um pouco mais de audácia.

 

macao8a

 

Peço-lhe que me acompanhe por alguns instantes numa pequena meditação. Não é pedir muito tendo em conta o tempo tantas vezes perdido em frente de um televisor, cavalgando telenovelas, vidas alheias, fugindo a assumir o papel principal  na sua própria história de vida. Estou, imaginemos, estamos – eu, você, em suma, cada um dos milhares de leitores do VMT em si considerados  -  no dia 11 de Outubro, à noite, e o povo de Mação acabou de me eleger, de nos eleger, para Presidente da Câmara Municipal de Mação. Fomos eleitos na base de um programa e da confiança que os cidadãos em nós depositaram. O que vai seguir-se é, assim, uma Proclamação que visa relembrar e comprometer-nos perante todos.

Maçanicos, agora que fui eleito Presidente da Câmara, quero jurar solenemente a fidelidade ao principio de que para mim todos são cidadãos com iguais direitos e deveres e tudo farei  para aprofundar, nos próximos anos, um relacionamento pessoal com todo o universo de eleitores e cidadãos residentes no nosso concelho o que me fará levar ao extremo  recorrer a todos os meios para, porta-a-porta, telefone a telefone, telemóvel a telemóvel ou mesmo internet/vídeo conferência,  perceber como vivem, o que sonham, o que sofrem e o que é a Câmara Municipal que, a partir de agora, dirijo, poderá fazer para vos tornar os dias mais leves, para tornar as decisões mais corresponsáveis, para ter, enfim, uma população que conhece não só o seu presidente mas que, através dele, à sua imagem, deseja conhecer-se entre si, pertença a que partido pertencer, professe a religião que professar, tenha a idade que tiver, adopte o estilo de vida que adoptar.

Ficam por isso excluídos, a partir deste momento, qualquer tipo de favorecimento, partidário, familiar, cunhas, pedidos, numa palavra “conhecimentos”, porque vamos todos, a partir de agora, ficar a conhecermo-nos uns aos outros..

Maçanicos, agora que fui eleito Presidente – não se esqueça é você que também está a dirigir-se a eles!! – tudo farei para desenvolver as potencialidades do meu concelho, a começar pelas riquezas naturais, iniciando, desde já, os contactos com a população do Chão do Brejo/Castelo, para conseguirmos ir a tempo de alcançar os fundos comunitários que restam e converter a Serra do Bando no Parque Natural da Serra do Bando, na Grande Sala de Visitas do nosso concelho transformando-a num dos nossos principais motores económicos, nomeadamente, pela rápida criação de muitos postos de trabalho dadas as diversas áreas que para ali serão chamadas a intervir como sejam, restauração, agricultura, artesanato,serviços,saúde, ensino, etc. Tal passará pela recuperação da aldeia existente e construção de raiz de um Hotel da Serra em moldes já aqui largas vezes abordado, entre outras apostas (é uma crónica, não se esqueça!)

Nesse sentido, a Câmara Municipal deixará de servir como fonte empregadora e, sobretudo, geradora de injustiças ao pagar com empregos os votos obtidos nas urnas durante tantas décadas. Acabaram-se os medos.Todos serão precisos.

Maçanicos, agora que fui eleito Presidente, tudo farei para redinamizar o nosso Centro Histórico, iniciando, desde já, um plano de conversações para saber quem é quem no que aos proprietários dos imóveis abandonados diz respeito e com base na mais recente legislação do nosso governo, definiremos um plano de reabilitações. Aquilo que alguns chamaram a nova Central de Camionagem, o chamado Auditório, será reformulado no seu aspecto exterior por forma a atenuar o desenquadramento  para que a “pallete de modernice” bacoca convoca. O Posto de Turismo será, de facto, um posto de turismo e não um estabelecimento de florista, com muito respeito por quem lá está e a polémica escultura de homenagem ao Pe Figueiredo bem como a reposição daquele espaço como património edificado, verdadeiramente dedicado a um memorial digno do ilustre latinista, repondo, assim, a continuidade da rua, serão outras das realidades.Tudo faremos, ainda, para dialogar com todos os proprietários, invertendo a lógica da caça à multa e às pequenas taxas para pequenas obras, incentivando, antes, os moradores, da sede da vila e aldeias do concelho, para que as promovam dando delas, apenas, prévio conhecimento.

 

Ficam, por isso, excluídas quaisquer obras de construção que visem alterar o bilhete de identidade herdado de nossos pais. Nesse sentido, todos os proprietários que contribuíram para a edificação dos vulgarmente chamados mamarrachos, nomeadamente, no Largo do Cineteatro, Rua de Stº António, e não só, serão chamados à Câmara para a definição de uma solução que reponha o velho traçado do nosso património edificado.

Maçanicos, a partir hoje, todas as reuniões da Câmara passarão a ser semanais, depois do horário de trabalho e com períodos dedicados à intervenção do público que assim poderá nelas participar.

Quero, para terminar, pedir desculpa por 35 anos de um poder que vos ignorou, sim, mas para quem agora peço a vossa máxima compreensão. Vamos mostrar como se utiliza o poder, desde logo, para lhes  perdoar  e mostrar-lhes não só como se deve fazer mas, sobretudo, que se juntem a nós para também fazerem.

Maçanicos, quero ser um Presidente inteiro e a tempo inteiro. A minha única empresa sois vós. Ajudai-me a conseguir para Mação, finalmente, a arrumação que a nossa terra merece.Muito obrigado.

 

macaonascersol

 

 MAÇÃO – Nascer do sol…

 

 

antónio colaço

Publicado por vozeslivresmacao às 14:55
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Contacto:

Vozes Livres Mação

Cria o teu cartão de visita

Pesquisar neste blog

 

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Posts recentes

Cá se fazem, Cá se pagam!...

a boy for all seasons

Pedro Passos Coelho "o fa...

Banalidades do Correio da...

Vater Marques na Rede Nac...

Judiciária investiga uso ...

Posto de Vigia 74 - Outub...

Posto de Vigia de Setembr...

João Pereira reclama vari...

Ponto de Vigia - Julho/20...

EDP CONTINUA A MANTER NA ...

EIS O QUE ESTE NOVO PSD N...

PONTO DE VIGIA - JUNHO

MAÇÃO . VACARIA VIRA GALE...

CARDIGOS.JUNHO DE 1966 . ...

POSTO DE VIGIA

CONVÍVIOS COM VIDA DENTRO...

MAÇÃO E O BREJO QUE NÃO V...

OBRIGADO,ÉVORA ! SEM PALA...

AS VOLTAS DE UMA RENUNCIA...

QUEM QUER VIR A ÉVORA DE ...

ÁGUA POR FAVOR

"JAZ MORTO, E APODRECE"

SALDANHA ROCHA E CAMÂRA M...

Ponto de vigia Abril 2...

EURICO BRITO LOPES

DE ENCERRAMENTO EM ENCERR...

MAÇÃO - VALENÇA DO MINHO

UMA DAS CONDIÇÕES PARA QU...

Posto de Vigia

Arquivos

Abril 2013

Dezembro 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

tags

todas as tags

Links

Participar

Participe neste blog

subscrever feeds

blogs SAPO