NOTA: Qualquer pessoa que se sinta ofendida pelos conteudos /opiniões aqui expostos deve demonstrá-lo para o email abaixo indicado. Os comentários estão abertos com a devida moderação e os artigos a publicar neste BLOG devem ser enviados para o email:
vozeslivresmacao@sapo.pt
Visitantes Online
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

IR BUSCAR LÃ E VIR TOSQUIADO?

Com a entrada em cena do famoso e truculento advogado Dr. José Maria Martins, aquele do imbróglio da Pia Casa, o debate no “Domus” mudou radicalmente. Os actuais donos da Casa Grande, congeminavam que, um pobre Diabo, só teria posses para apresentar como patrono um incipiente causídico de província. Eis senão quando, o Senhor José Henrique de Mattos, que, orgulhosamente, acrescenta ao seu nome de baptismo o cognome ancestral de Diabo Amarelo, qual monarca da dinastia joanina, prova que não é um pobre diabo, como o prefeito e seus sequazes supunham, contratando os serviços do galáctico Dr. José Maria Martins, nome bastante  para trazer ao Castanho Horizonte as nossas queridas televisões.
Pena é que o Dr. José Maria Martins não seja amigo das avezinhas –um dia destes tem a Liga dos Animais à perna – pois obrigar um velho columbino a voar desesperadamente, sem perspectivas de escapar, não se faz, não é de gente cristã.
Quarta-feira de Cinzas a audição continua. Atendendo aos intérpretes que vão actuar – anuncia-se a presença do lusitano Baltazar Garzón – alguém vai sair muito queimado, o que, aliás, está perfeitamente de acordo com a simbologia do dia. 

 

 

Cabo Emídio II 

Publicado por vozeslivresmacao às 17:58
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 20 de Fevereiro de 2009

CARNAVAL & CINZAS EM MAÇÃO

carnavalmacaoanos40ab

Ponham aqui os vossos adormecidos olhos, senhores, e despertem para a criatividade  dos nossos maçanicos  avós.

carnavalmacaoanos40d

Vá, ide, ide-vos lá aos vossos sótãos desencantar nas empoeiradas malas, roupas antigas e adereços vários para, em seguida, descerdes às ruas da animada vila de Mação.

 Motivos não vos faltam e o Ministério Público, por aqui, em nada perturba a pachorrice dos dias. Quer dizer, adivinham-se excitantes momentos para a próxima quarta-feira, dia 25, ou, como já se ouve, que o advogado José Maria Martins poderá reduzir a cinzas as muitas máscaras da autarquia, em defesa do nosso querido amigo Zé Henrique, mais conhecido pelo Diabo Amarelo, alvo de um processo por parte do executivo de José Saldanha. Grande expectativa, também, para o testemunho de Carlos Alexandre, o mediático “super-Juiz” que, finalmente, deverá ser ouvido nesta Quarta-feira de Cinzas em defesa daquele que muitos consideram o verdadeiro líder da oposição.

zehenriqued

Como já aqui dissémos, o Zé Henrique não se limita a meter a colher nas bem temperadas iguarias do seu restaurante Casa Velha ( Zé, aquele Polvo à Lagareiro do passado dominmgo estava  d-i-v-i-n-a-l !) A ver vamos. Mas, até lá, ide, ide-vos lá  “advirtire”.

 

antónio colaço

Publicado por vozeslivresmacao às 15:10
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

ORÇAMENTOS PARA QUÊ NA CM MAÇÃO?

Este comentário ao post "ORÇAMENTOS PARA QUÊ NA CM MAÇÃO?" merece ser transformado em post, apenas resta à oposição enviar para fiscalização ao TC e à IGAL.

 

 

ACTA Nº 12/2008
25 de Junho de 2008
5ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com os votos contra dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 5ª Alteração Orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 75.000,00 € ( setenta e cinco mil euros).
O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração de deveu essencialmente à necessidade de reforço de verba para a Piscina Municipal devido a uma revisão de valores para pagamento final do que ainda está por pagar, reforço de verba para a Feira Mostra devido a valores adicionais e compra de relógio para a Torre da Praça que está a ser sujeita a requalificação e o relógio que lá estava não tem possibilidade de ser reparado.
O Sr. Vereador José Fernando Martins refere que esta é mais uma alteração que não vem acompanhada de nota explicativa pelo que os vereadores do Partido Socialista votam contra a mesma uma vez que não tiveram informação detalhada sobre a mesma.
O Sr. Vereador Manuel de Jesus Serras refere que, no caso da alteração orçamental vir acompanhada de uma nota explicativa com informação sobre as razões da alteração, o voto do Partido Socialista seria diferente pois entende que estes são actos de gestão e que são necessários mas considera também que a informação detalhada sobre os mesmos é necessária."

 

Independentemente das razões que contribuem para as muitas alterações orçamentais e das críticas que são formuladas, há uma que desperta a atenção, pela forma como é colocada à decisão dos elementos que compõem o orgão executivo da CMM. Não considero normal, esta como muitas outras situações do género e que não são de agora, basear a justificação da necessidade de uma alteração orçamental na forma pouco ou nada sustentada de "reforçar verba para piscina municipal devido a uma revisão de valores para pagamento final do que ainda está por pagar". A isto a oposição, votando contra, argumenta com o facto de "serem actos de gestão necessários mas falta a informação detalhada ...".Qual informação detalhada?
Deve ter sido uma empreitada financiada, passível de um concurso publico, adjudicada por um determinado valor e que é de todos os elementos conhecido. O mesmo sofre alterações decorrentes da lei e que correspondem à revisão dos preços da empreitada, sendo que os mesmos podem ser para mais ou para menos. Para além destes só alterações decorrentes de trabalhos a mais e a menos, os quais influenciando o preço contratual, devem obrigatóriamente merecer uma proposta a submeter a aprovação do orgão executivo. No caso, a proposta corresponde a ter havido trabalhos a mais que influenciaram para mais o custo da empreitada. Estes obrigatóriamente teriam que ser submetidos a aprovação do orgão executivo e estariam bem identificados, mereceriam o necessário cabimento na rúbrica do P.A . onde havia sido inscrita, pois naturalmente teriam que ser também submetidos a visto do TC , ou não?
Não é fácil entender como efectuam o reforço de uma rúbrica para fazer face a várioas despesas, as quais, no caso da obra em apreço, tem forçosamente um enquadramento no âmbito das obras indicadas diferente das demais. A não ser que se deva a trabalhos não enquadráveis na empreitada base da piscina. Mas se assim fosse, também a informação seria diferente.
Assim sendo, a forma ligeira e a redacção como os assuntos são expostos, causa-me de há muito alguma estranheza e levanta muitas duvidas. Acresce ainda o facto da oposição, conforme tenho referido e reitero mais uma vez, não fundamentar devidamente o esclarecimento das duvidas levantadas.


Um abraço amigo do
MMP

 

 

 

 

Publicado por vozeslivresmacao às 12:00
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 17 de Fevereiro de 2009

TRANSPARÊNCIA NA AP

Pesquise nos Ajustes Directos
Exemplos: "nome de entidade" | software | computador | viatura | obra, saiba mais nas Perguntas Frequentes
Publicado por vozeslivresmacao às 16:00
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 16 de Fevereiro de 2009

MARCA MArginalizaÇÃO

marca

 

Continente, Colombo.

 

O Tio Belmiro não precisa nada desta publicidade, mas enfim….

Há minutos, na Feira Nacional de Queijos, Vinhos e …Enchidos, em vão tentei encontrar um produtozinho que fosse resultante do recente protocolo assinado entre a Câmara de Mação e os produtores de enchidos daquele concelho. Bem que procurei a ver se descobria o mais que plagiado M, do Millenium (lá vai mais uma publicidadezinha à borla) e nada! Em contrapartida, ali estavam a meus olhos, os produtos “Estrela da Beira”, de Vila de Rei. A Dª Irene importava-se de dar um saltinho a Mação para explicar ao seu colega como é que se consegue estar presente num dos maiores centros comerciais da Europa, aqui mesmo ao pé da porta?

 

antónio colaço

Publicado por vozeslivresmacao às 09:55
| Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

ORÇAMENTOS PARA QUÊ NA CM MAÇÃO?

Quando leio e escrevo que a CMM não tem rumo, navega à vista, não é critica gratuita. É porque existe um motivo para essas afirmações. Como exemplo prático do que digo, basta a consulta das actas do Executivo Camarário e tomar consciência das alterações Orçamentais  que, por exemplo, foram feitas no passado ano de 2008. São mais as alterações orçamentais que os meses dos ano!.
Foram  13, sim  foram 13 as Alterações Orçamentais da CMM, no ano de 2008.
Para que serve um Orçamento? Na CMM quem fez o Orçamento, quem o aprovou? É uma falta de respeito para com a inteligência da grande maioria dos munícipes. Será que não apreciaram o Orçamento? Que não sentem vergonha de apresentar tantas rectificações? Depois ainda se lamentam que andam a denegrir o executivo em órgãos de Comunicação Social. Basta uma leitura atenta das actas (Atrasadas no tempo. As ultimas 7 foram colocadas na internet já decorria o ano de 2009) para se comprovar que é verdade o que afirmo!!!

 

António Vicente Alves Reis

 

Seguem extractos das Actas da CMM:

 

ACTA Nº 4/2008
27 de Fevereiro de 2008
1ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por unanimidade, aprovar a 1ª Alteração orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 30.000,00 € ( trinta mil euros), que se deveu à necessidade de reforçar a rubrica " Parques e Jardins " para possibilitar algumas intervenções que não estavam previstas nesta área."

 

ACTA Nº 6/2008
25 de Março de 2008
2ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com dois votos contra, aprovar a 2ª Alteração Orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 63.300,00 € ( sessenta e três mil e trezentos euros ).O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração se deve à necessidade de reforçar as rubricas referentes a Instalações Desportivas e Recreativas e Viação Rural devido a algumas obras no Miradouro, em algumas Estradas Municipais e no Campo de Tiro de Cardigos, que não estavam previstas mas são necessárias.
O Sr. Vereador José Fernando Martins informou que os Vereadores do Partido Socialista votaram favoravelmente a 1ª alteração orçamental num gesto de boa fé, solicitando, no entanto, que as alterações orçamentais fossem acompanhadas de explicação detalhada para possibilitar uma análise mais completa das mesmas e verifica que novamente a 2ª alteração orçamental não foi acompanhada da referida explicação detalhada pelo que os Vereadores do Partido Socialista votam contra a mesma."

 

ACTA Nº 7/2008
09 de Abril de 2008
3ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com os votos contra dos Srs.Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 3ª Alteração orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 244.100,00 € ( duzentos e quarenta e quatro mil e cem euros).
O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração orçamental se deveu essencialmente à necessidade de fazer algumas alterações nas rubricas relativas a despesas com pessoal de avenças e tarefas, ajustamentos nos valores para as Zif's e cabimento do valor final para pagamento das piscinas cobertas municipais.
O Sr. Vereador José Fernando Martins refere que os Vereadores do Partido Socialista votam contra esta alteração orçamental pela mesma razão apresentada na deliberação anterior."

 

ACTA Nº 11/2008
11 de Junho de 2008
4ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com os votos contra dos Srs. Vereadores do Partido Socialista e tendo o Sr. Presidente da Câmara usado o seu voto de qualidade, aprovar a 4ª Alteração Orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 140.500,00 € ( cento e quarenta mil e quinhentos euros). O Sr. Vereador José António Almeida informou que esta alteração se deveu essencialmente à necessidade de reforçar a rubrica referente a seminários e exposições para fazer face aos custos do Mação Total e Feira Mostra.
O Sr. Vereador José Fernando Martins refere que os Vereadores do Partido Socialista votam contra esta alteração orçamental pelas mesmas razões apresentadas em deliberações anteriores sobre o mesmo assunto."

 

ACTA Nº 12/2008
25 de Junho de 2008
5ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com os votos contra dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 5ª Alteração Orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 75.000,00 € ( setenta e cinco mil euros).
O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração de deveu essencialmente à necessidade de reforço de verba para a Piscina Municipal devido a uma revisão de valores para pagamento final do que ainda está por pagar, reforço de verba para a Feira Mostra devido a valores adicionais e compra de relógio para a Torre da Praça que está a ser sujeita a requalificação e o relógio que lá estava não tem possibilidade de ser reparado.
O Sr. Vereador José Fernando Martins refere que esta é mais uma alteração que não vem acompanhada de nota explicativa pelo que os vereadores do Partido Socialista votam contra a mesma uma vez que não tiveram informação detalhada sobre a mesma.
O Sr. Vereador Manuel de Jesus Serras refere que, no caso da alteração orçamental vir acompanhada de uma nota explicativa com informação sobre as razões da alteração, o voto do Partido Socialista seria diferente pois entende que estes são actos de gestão e que são necessários mas considera também que a informação detalhada sobre os mesmos é necessária."

 

"ACTA Nº 13/2008
09 de Julho de 2008
6ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara Municipal de Mação aprovou por unanimidade a 6ª Alteração Orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 42.500,00 € (quarenta e dois mil e quinhentos euros).
O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração orçamental se deve à necessidade de reforçar a rubrica " Edifícios" ( Instalações de Serviços) para possibilitar a abertura de concurso para a empreitada de construção da cobertura do Centro de Formação, onde funcionarão os cursos do CENFIC, na Zona Industrial das Lamas de Mação."

 

"ACTA Nº 14/2008
30 de Julho de 2008
7ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por unanimidade, aprovar a 7ª Alteração orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 19.500,00 € (dezanove mil e quinhentos euros ).
O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração orçamental se deve à necessidade de reforçar algumas rubricas do orçamento, nomeadamente, "ajudas de custo" ( outras prestações familiares) que se deve à necessidade de pagamento de subsídio de morte aos familiares de um funcionário do município e " construções diversas " ( Parque de Merendas do Calvário) que se deve à necessidade de cabimentar a construção de sanitários no Parque de Merendas do Calvário, não previsto no projecto inicial, mas que veio a revelar-se pertinente."

 

"ACTA Nº 15/2008
13 de Agosto de 2008
8ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com a abstenção dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 8ª Alteração orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 142.100,00 € ( cento e quarenta e dois mil e cem euros).
O Sr. Vereador José António Almeida informou que esta alteração orçamental de deveu à necessidade contabilística de reforço de algumas rubricas do orçamento para satisfação de alguns compromissos necessários que não estavam previstos, nomeadamente a reparação do motor de uma viatura, revisão de preços da empreitada da Zif Nascente, aquisição e montagem de ar condicionado nas instalações do CNO, colocação de tectos falsos e pintura das casas do Calvário, aquisição de mobiliário para o Gabinete SIG, aquisição de combustíveis para abastecimento do Parque Auto, aquisição de controladores de cloro, sondas e pré-filtros para as Piscinas Cobertas, aquisição de massas asfálticas e intervenção no Jardim do edifício da Segurança Social.
O Sr. Vereador Manuel de Jesus Serras informa que os vereadores do Partido Socialista compreendem a necessidade da alteração orçamental mas a mesma é uma questão de gestão do Executivo pelo que se abstêm nesta votação."

 

"ACTA Nº 17/2008
11 de Setembro de 2008
9ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com a abstenção dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 9ª Alteração ao Orçamento para o ano 2008 no valor de 284.800,00€ (duzentos e oitenta e quatro mil e oitocentos euros).
O Sr. Vice-Presidente Vasco Estrela, informou que esta alteração se deveu ao facto de terem terminado alguns projectos, tais como as ZIF's e se entender reforçar algumas das rubricas."

 

"ACTA Nº 19/2008
08 de Outubro de 2008
11ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com a abstenção dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 10ª Alteração Orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 19.000,00 € ( dezanove mil euros ).
O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração orçamental é uma situação muito pontual e deveu-se à necessidade de reforçar a rubrica referente ao gasóleo."

 

Nota - O erro da  da numeração  das revisões é das próprias  actas da CMM.

 

"ACTA Nº 20/2008
22 de Outubro de 2008
11ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
O Sr. Presidente volta a entrar na reunião. Já com a presença do Sr. Presidente, a Câmara deliberou por maioria, com a abstenção dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 11ª Alteração Orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 402.500,00 € ( quatrocentos e dois mil e quinhentos euros ).
O Sr. Vereador Vasco Estrela informou que esta alteração orçamental é uma alteração substancial, necessária para o reforço de algumas rubricas que, nesta altura do ano, se encontram desprovidas de verba necessária e que será provavelmente a última alteração, a envolver estes montantes, deste ano."

 

"ACTA Nº 21/2008
12 de Novembro de 2008
12ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com a abstenção dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 12ª Alteração ao Orçamento para o ano 2008 no valor de 182.000,00€ (cento e oitenta e dois mil euros).
O Sr. Presidente Substituto informou que esta alteração orçamental se deveu à necessidade de reforço de algumas rúbricas."

 

"ACTA Nº 23/2008
10 de Dezembro de 2008
13ª ALTERAÇÃO ORÇAMENTAL
A Câmara deliberou por maioria, com o voto contra dos Srs. Vereadores do Partido Socialista, aprovar a 13ª Alteração orçamental ao orçamento da despesa, referente ao ano de 2008, no valor de 247.500,00 € ( duzentos e quarenta e sete mil e quinhentos euros ).
O Sr. Vereador Manuel de Jesus Serras refere que o voto contra dos Vereadores do Partido Socialista se deve ao facto de terem sido feitas diminuições em rubricas relativas a despesas de capital para reforçarem rubricas de despesas correntes, especialmente algumas rubricas relativas o obras que consideram de grande importância e às quais não deveria ser retirada nenhuma verba."

 

 

ESTES SÃO OS VERDADEIROS RESPONSÁVEIS:

 

 

Publicado por vozeslivresmacao às 18:20
| Comentar | Ver comentários (2) | Adicionar aos favoritos
|
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

DERROCADA IMINENTE QUEM CAÍRA PRIMEIRO:A CÂMARA OU O PALHEIRO?

 

 

 

Não! Não se trata de nenhuma notícia de ÚLTIMA HORA vinda ali das bandas do Tribunal de Mação! Esta situação, que já noticiamos aqui em edições anteriores, infelizmente, é bem real e a única pergunta que se pode fazer é: do que é que a CM Mação está mais à espera que aconteça para evitar uma IMINENTE DERROCADA, sendo certo que o palheiro em causa se situa na agora chamada Travessa da Sousa ( os mais antigos dizem-nos que era conhecida como a Azinhaga do Poço da Santa, enfim, critérios! Para não falar de que a dita placa está colocada num terreno privado!!!)utilizada por inúmeros jovens a caminho das Escolas e por pessoas mais idosas a caminho do referido Tribunal?!
De facto, as últimas chuvadas fizeram cair na passada semana, o que restava da somadre que aguentava as paredes e, como se pode ver nesta última imagem, um pouco mais de água e as paredes vêm por aí abaixo! É certo que algumas vozes menos bem intencionadas auguram quem é que cairá primeiro, se o velho palheiro, ou,a autarquia que assim tem mantido este autêntico esterqueiro bem no Centro Histórico da nossa querida vila. Será que alguém vai ficar "AZUL", antes do tempo?!

Luis Sérgio

Publicado por vozeslivresmacao às 11:16
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

CASAMENTO ENTRE HOMOSEXUAIS NA MOÇÃO DE SÓCRATES

CASAMENTO
Principais Argumentos do Casamento Civil entre pessoas do mesmo sexo
 
Notícias
 
 
  Sócrates inclui casamento na moção
Anteprojecto de Lei da JS de alteração do casamento civil
 

Mação, tem um representante na JSD, que por sinal é o seu vice-presidente, o Duarte Marques. A JSD liderada pelo nosso conterraneo Duarte Marques tem-se mostrado muito irreverente nas suas acções contra José Socrates.

Faço aqui um desafio ao meu adversário politico Duarte Marques, na Assembleia Municipal de Mação,  para que diga o que pensa sobre esta proposta dos CASAMENTOS GAY?

 

Será que a sua JSD também concorda?

 

Ou,

 

Será que é preciso consultar o Eurodeputado Carlos Coelho?

 

 

Luis Sergio Silva

Publicado por vozeslivresmacao às 15:45
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sexta-feira, 6 de Fevereiro de 2009

FEITIÇO PARECE VIRAR-SE CONTRA O FEITICEIRO!!!

Sondagem CM/Aximage


Sócrates e PS resistem ao Freeport


A polémica em torno do caso Freeport não está a abalar a confiança dos portugueses no chefe do Governo. De acordo com uma sondagem CM/Aximage, 47,9 por cento dos inquiridos afirmam que preferem José Sócrates para primeiro-ministro. Apenas 22,3 por cento aponta Manuela Ferreira Leite.


O PS também resiste à polémica e subiu mesmo nas intenções de voto. Este mês, os socialistas conquistaram 38,2 por cento das intenções de voto, mais 0,9 pontos percentuais. Já o PSD, apesar de subir 0,5 pontos percentuais, reuniu apenas 23,8 por cento das preferências.

O Bloco de Esquerda afirma-se cada vez mais como a terceira força política ao alcançar os 12 por cento nas intenções de voto. A coligação CDU subiu 1,1 pontos percentuais e registou 9,2 por cento das preferências, enquanto o CDS mantém os 7,7 por cento.

CONTRA DEMISSÃO DE SÓCRATES

Questionados sobre o caso 'Freeport', 42,2 por cento dos inquiridos considera que José Sócrates está a dizer a verdade, enquanto 30,8 por cento afirma que 'está a mentir'. Sobre uma eventual demissão, 73,4 por cento está contra e 17,1 por cento considera que o primeiro-ministro se deve demitir. Curiosamente, 49 por cento dos inquiridos que considera que José Sócrates está a mentir, afirma que ele não se deve demitir.

Veja os resultados completos da sondagem na edição de amanhã do jornal 'Correio da Manhã'.

BARÓMETRO MENSAL AXIMAGE/CM

INTENÇÃO DE VOTO LEGISLATIVO

PS: 38,2% (Fevereiro) / 37,3% (Janeiro)

PSD: 23,8% (Fevereiro) / 23,3% (Janeiro)

CDU: 9,2% (Fevereiro) / 8,1% (Janeiro)

CDS: 7,7% (Fevereiro) / 7,7% (Janeiro)

BE: 12,0% (Fevereiro) / 11,4% (Janeiro)

Outros/Votos em branco e nulos: 4,7% (Fevereiro) / 5,1% (Janeiro)

Indecisos: 4,5% (Fevereiro) / 7,1% (Janeiro)

Abstenção: 40,1% (Fevereiro) / 41,3% (Janeiro)

CONFIANÇA PARA PRIMEIRO-MINISTRO

Em qual dos dois líderes tem mais confiança para Primeiro-Ministro: Em José Sócrates ou em Manuela Ferreira Leite?

José Sócrates: 37,9% (Jun 08) / 36,1% (Jul 08) / 37,0% (Ago 08) / 38,7% (Set 08) / 40,9% (Out 08) / 46,8% (Nov 08) / 47,9% (Dez 08) / 47,5% (Jan 09) / 47,9% (Fev 09)

Manuela Ferreira Leite: 33,3% (Jun 08) / 33,1% (Jul 08) / 33,2% (Ago 08) / 30,3% (Set 08) / 28,4% (Out 08) / 26,3% (Nov 08) / 24,9% (Dez 08) / 22,9% (Jan 09) / 22,3% (Fev 09)

ACTUAÇÃO DA COMUNICAÇÃO SOCIAL NO CASO FREEPORT

De um modo geral, do que leu, viu ou ouvir falar, qual é a sua opinião sobre o trabalho da comunicação social no caso Freeport? Acha que, de uma forma geral, os órgãos de comunicação social têm estado a fazer:

Um bom trabalho: 48,3%

Um mau trabalho: 31,0%

Assim-assim: 17,2%

Sem opinião: 3,5%

VERACIDADE DAS DECLARAÇÕES DE JOSÉ SÓCRATES SOBRE A SUA ACTUAÇÃO NO CASO FREEPORT

No sábado passado, Sócrates fez declarações públicas em que explicou a sua actuação no caso Freeport quando foi ministro do Ambiente, afirmando que não cometeu qualquer ilegalidade. Na sua opinião, ao dizer isso, Sócrates:

Está a mentir: 30,8%

Está a falar a verdade: 42,2%

Sem opinião: 27,0%

HIPÓTESE DE DEMISSÃO DE JOSÉ SÓCRATES

Na sua opinião Sócrates deve ou não pedir a demissão de primeiro-ministro por causa do caso Freeport?

Não deve demitir-se: 73,4%

Deve demitir-se: 17,1%

Sem opinião: 6,5% 

FICHA TÉCNICA DA SONDAGEM

OBJECTIVOS: Intenção de voto legislativo, confiança para primeiro-ministro e actuação da Comunicação Social no Caso Freeport

UNIVERSO: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel;

AMOSTRA: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 600 entrevistas efectivas: 258 a homens e 342 a mulheres; 151 no interior, 221 no litoral norte e 228 no litoral centro sul; 196 em aldeias, 198 em vilas e 206 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.

TÉCNICA: Entrevista telefónica por C.A.T.I. (Computer Assisted Telephonic Interview);

TRABALHO DE CAMPO: Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido entre os dias 2 e 5 de Fevereiro de 2009, com uma taxa de resposta de 77,8%.

ERRO PROBABILÍSTICO: Para o total de uma amostra aleatória simples com 600 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma “margem de erro” - a 95% - de 4,00%);

RESPONSABILIDADE DO ESTUDO: Aximage – Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.

Publicado por vozeslivresmacao às 17:49
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

O QUE NOS ESPERA ...

http://pensar-ansiaes.blogspot.com/2009/02/pensar-dos-leitores.html

 

 

Meus amigos, a Terra dos "esfola gatos e mata cães" deixará de ser concelho, assim como Vila Flor, Vizela, Tabuaço, Castro Daire, Penamacor, Mação, Gavião, Barrancos, Alcoutim e muitas outras.
Para isso basta que não haja gente suficiente que justifique a manutenção dos lugares políticos locais, insignificantes aos olhos dos membros do poder central(qualquer que seja a sua cor, mesmo a vermelha ou a formada por blocos).
Sendo assim, aos actuais pensadores locais só resta tentar arranjar um lugar nos futuros órgãos de poder que resultarão das mudanças inevitáveis, de forma a defender o que restar do Castelo de Ansiães e arredores...

 

Publicado por vozeslivresmacao às 17:30
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 5 de Fevereiro de 2009

O PREFEITO ASSUME-SE ANGOLANO

 

Oi – finalmente. Finalmente ao anunciar a sua recandidatura à Casa Grande o prefeito assume-se como tendo nascido em Angola. Sempre, por omissão, pretendeu passar a ideia que era natural do Mação, não se sabe bem porquê. Foi preciso os e-leitores conhecerem aqui a historinha do avô segregado para que a biografia oficial do prefeito revelasse, preto no branco, onde foi o seu natal, lá muito longe, em terras africanas.
 
Lido em O Mirante online 
                                                         Cabo Emídio II
Publicado por vozeslivresmacao às 16:37
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

REPORTER ESTRÁBICO (um cronista periclitante)

- FAÇA COMO EU! SORRIA MESMO QUANDO LHE APETECE GRITAR. –

 
 
Isto é o que resta da Capela da Fadagosa, freguesia e cocelho de MAÇÃO.
 
Dar um lamiré - Significado: Sinal para começar alguma coisa.
Origem: Trata-se da forma aglutinada da expressão «lá, mi, ré», que designa o diapasão, instrumento usado na afinação de instrumentos ou vozes; a partir deste significado, a expressão foi-se fixando como palavra autónoma com significação própria, designando qualquer sinal que dê começo a uma actividade.
Historicamente, a expressão «dar um lamiré» está, portanto, ligada à música (cf. Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa).
Música, é o que temos ouvido estes anos todos. São mais de 25 anos a ouvir a mesma música. Mudaram-se alguns instrumentistas, trocaram-se alguns cantores mas ainda não mudaram a música. Da autoria desta “banda”, é, entre outras a “rota do sagrado”.
Está na hora de darmos um lamiré, um sinal para começar alguma coisa. Vamos nós criar e apresentar-lhes “a rota para o desemprego – p’rà rua já!”.
 
Nota: Escreve-se lamiré, com o r pronunciado como em caro.
Publicado por vozeslivresmacao às 16:35
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 4 de Fevereiro de 2009

A DEBANDADA PODE ESTAR A COMEÇAR...!!!

 

Depois de Elvino Pereira ter abandonado a Presidência e a Assembleia Municipal, pode estar na calha a qualquer momento o abandono de Saldanha Rocha, apesar do recente anúncio de recandidatura em 2009!!!
 
Assim, Vasco Estrela assumiria a candidatura à Presidência da Câmara de Mação livre de todas as nódoas que têm acompanhado este PSD nos últimos 30 anos em Mação!!!
 
Enquanto os Socialistas gastam “munições” com Saldanha Rocha, o PSD prepara uma candidatura na sombra!!!
 
Pode ser apenas uma conjectura, mas o que é facto, é que Vasco Estrela tem vindo paulatinamente a ocupar vários cargos anteriormente ocupados por Saldanha Rocha. Esta situação já ocorreu no passado com Saldanha Rocha e Elvino Pereira.
 
O POLVO parece estar a mudar de mãos!!!
 
Muita coisa pode mudar em função do resultado deste processo Urbanizações ... inclusivé na oposição.
Publicado por vozeslivresmacao às 16:04
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

ADVOGADO JOSÉ MARIA MARTINS ENTRA NA SALA DE AUDIÊNCIAS

 

 

 

 

 

 

 

O Advogado do "DIABO AMARELO" José Maria Martins, chega ao Tribunal para continuar  a inquirição ao técnico Arq. Cabrita da CM Mação. 

Uma manhã inteira não chegou!!!

 

O testemunho do Dr. Carlos Alexandre terá de ficar, outra vez, para outro dia.

 

A coisa parece estar a começar a aquecer ...  !!!

Publicado por vozeslivresmacao às 15:27
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

A SIC JÁ CHEGOU AO TRIBUNAL DE MAÇÃO ...

Publicado por vozeslivresmacao às 15:25
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

HOJE, ÀS 14 HORAS, NO TRIBUNAL DE MAÇÃO, O "SUPER JUIZ" CARLOS ALEXANDRE DEFENDE ZÉ HENRIQUE (O DIABO AMARELO)

Cortesia http://animo30.wordpress.com

 

 

hpim3997a

Todas as atenções estão hoje viradas para o Tribunal de Mação onde, a partir das 14 horas, continua a ser julgado o nosso querido amigo e atento leitor Zé Henrique, mais conhecido por Diabo Amarelo e que, no que nos diz respeito, nos tempera os almoços de domingo, no seu restaurante Casa Velha, ali bem às portas da Igreja Matriz, invariavelmente, entre um Galo no Forno, umas Migas com Entrecosto Grelhado, uma Sopa da Pedra, um Pato no Forno, para não falar no seu sempre bem aveludado e azeitado Bacalhau à Lagareiro.

Mas, o Zé Henrique não se fica pelos temperos gastronómicos da sua cozinha, e sempre que o dever de atenta cidadania por si chama, lá vai ele meter a colher no pobre quotidiano político de Mação. Só que, desta vez, viu saltar-lhe ao caminho um cozinheiro outro, o presidente da Câmara, que na arte de nos temperar os dias com a sempre desejável ética democrática lhe fica a milhas de distância. Vai daí, toca a meter o empenhado Zé em Tribunal. Uns loteamentos de duvidosa legalidade é o prato que tem estado a ser servido na barra do maçanico Tribunal. E como a Câmara, recentemente, pela voz do dedicado vereador Almeida ameaçou gastar “até ao último cêntimo” para “tirar as nódoas de todos os que atentem contra o bom nome da Câmara”, também nós, sem a coragem do Zé, nos ficamos por aqui não vá o diabo, o outro, o vermelhinho, tecê-las.

Dizíamos nós que, hoje, todas as atenções estão viradas para Mação, onde, a partir das 14 horas, o Zé Henrique tem como testemunha de peso, nem mais nem menos do que aquele que vem sendo referido pelos media portugueses como o “Super-Juiz”, de seu nome, Carlos Alexandre, que tem entre mãos alguns dos mais mediáticos processos judiciais da actualidade, desde o caso Maria das Dores, Oliveira e Costa, Freeport, para nos ficarmos por aqui. Carlos Alexandre, ao fazer uma pausa nas investigações que tem entre mãos, demonstra, uma vez mais, o apego  a essa outra causa, chamada Mação, de onde é natural.

( Aqui entre nós que ele não nos ouve, brevemente, republicaremos aqui alguns dos seus primeiros textos publicados nas velhinhas edições da … ânimo/offset!Nem mais.Fica para outro dia.Mas, já agora, e a talhe de foice também o presidente da câmara aqui deu os seus primeiros passos…As voltas que o mundo dá!Voltaremos ao assunto lá para Abril , altura do nosso 30 aniversário!)

O Zé Henrique, aqui fotografado pela nossa reportagem num distante acto eleitoral, tem feito mais pela afirmação de uma alternativa democrática política em Mação do que toda a inexistente oposição junta. Na última  Assembleia Municipal, realizada no final de Dezembro, e onde se discutiu o Orçamento e Plano para 2009, ano eleitoral, nem sombra de presença de qualquer um dos putativos candidatos das diversas forças políticas! Está tudo dito.Só por isso, o Zé Henrique merece a nossa admiração numa vila onde a maior parte das pessoas raramente ousa ultrapassar o silêncio das esquinas.

O presidente da Câmara, que passou a referida Assembleia num silêncio ensurdecedor,  estratégicamente, ou não, fez divulgar, ontem, através da delegação da Lusa para a região, a notícia de que vai recandidatar-se ” para um último mandato”.Qualquer coisa tipo, “não me apetecia nada pois do que eu gosto é  mesmo de encher Mação de lojas,mesmo que estejam às moscas, mas, já que tanto insistem, aqui vou eu“! Depois do “Mação Verde”, o candidato anuncia, agora, querer lutar por um…”Mação Azul”.

De que cor ficará, hoje, com a mais que aguardada intervenção de Carlos Alexandre?

Ânimo, amigos!

antónio colaço

 

Publicado por vozeslivresmacao às 10:19
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Saldanha Rocha (PSD) anuncia recandidatura a "um último mandato"

Mação, Portugal 03/02/2009 11:24 (LUSA)


Mação, Santarém, 03 Fev (Lusa) – O actual presidente da Câmara de Mação, José Manuel Saldanha Rocha (PSD), vai recandidatar-seà presidência da autarquia nas próximas eleições, para "um último mandato”, disse hoje o autarca à agência Lusa.

“Optei por candidatar-me a mais um mandato de quatro anos, porque sinto que esta é uma missão por uma causa em que me revejo, é um trabalho nobre em defesa das populações”, afirmou Saldanha Rocha, justificando a recandidatura.

Saldanha Rocha, gestor de profissão, nasceu em Luanda, Angola, há 48 anos. Antes de assumir a presidência da autarquia, para a qual foi eleito em 2001, Saldanha Rocha era o gestor do financiamento de projectos de investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia.

Com uma área de cerca de 400 quilómetros quadrados e perto de oito mil eleitores divididos por oito freguesias, o concelho de Mação foi sempre governado por maiorias sociais-democratas desde as primeiras eleições autárquicas após o 25 de Abril.

O executivo é composto por três vereadores do PSD e dois do PS.

“Temos projectos concretos para o próximo ciclo autárquico que passam, entre outros, pela expansão da Zona Industrial das Lamas, em Mação, pela construção de um pavilhão multiusos e de um novo quartel dos bombeiros, a consolidação da integração no sistema das Águas do Centro, a criação do Centro de Aprendizagem e Observação do Ocreza e a implementação do projecto ‘Mação Azul’, que visa a limpeza, preservação e beneficiação das margens e das linhas de água do concelho”, disse Saldanha Rocha.

MYF.

Lusa/Fim

 

Publicado por vozeslivresmacao às 09:28
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|

Contacto:

Vozes Livres Mação

Cria o teu cartão de visita

Pesquisar neste blog

 

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Posts recentes

Cá se fazem, Cá se pagam!...

a boy for all seasons

Pedro Passos Coelho "o fa...

Banalidades do Correio da...

Vater Marques na Rede Nac...

Judiciária investiga uso ...

Posto de Vigia 74 - Outub...

Posto de Vigia de Setembr...

João Pereira reclama vari...

Ponto de Vigia - Julho/20...

EDP CONTINUA A MANTER NA ...

EIS O QUE ESTE NOVO PSD N...

PONTO DE VIGIA - JUNHO

MAÇÃO . VACARIA VIRA GALE...

CARDIGOS.JUNHO DE 1966 . ...

POSTO DE VIGIA

CONVÍVIOS COM VIDA DENTRO...

MAÇÃO E O BREJO QUE NÃO V...

OBRIGADO,ÉVORA ! SEM PALA...

AS VOLTAS DE UMA RENUNCIA...

QUEM QUER VIR A ÉVORA DE ...

ÁGUA POR FAVOR

"JAZ MORTO, E APODRECE"

SALDANHA ROCHA E CAMÂRA M...

Ponto de vigia Abril 2...

EURICO BRITO LOPES

DE ENCERRAMENTO EM ENCERR...

MAÇÃO - VALENÇA DO MINHO

UMA DAS CONDIÇÕES PARA QU...

Posto de Vigia

Arquivos

Abril 2013

Dezembro 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

tags

todas as tags

Links

Participar

Participe neste blog

subscrever feeds

blogs SAPO