NOTA: Qualquer pessoa que se sinta ofendida pelos conteudos /opiniões aqui expostos deve demonstrá-lo para o email abaixo indicado. Os comentários estão abertos com a devida moderação e os artigos a publicar neste BLOG devem ser enviados para o email:
vozeslivresmacao@sapo.pt
Visitantes Online
Sábado, 16 de Agosto de 2008

Contra o Sistema ...

 

Companheiros,
 
Posso até ser acusado de constituir uma facção/oposição interna no partido em que milito. Assumo naturalmente essa acusação, mas engana-se quem assim pensa. Continuo, como sempre fui, fiel aos princípios que nortearam o partido em que milito.
Colaborei e colaboro, dentro do partido, em tudo o que de positivo possa contribuir em primeiro para o bem do País e em segundo para o partido.  
Aceitei e aceito a evolução, as alterações que se têm revelado necessárias e que têm sido verificadas, embora possa discordar de algumas.
Não posso é comungar e julgo, como tantos outros, assistir-me a razão para as opiniões que tenho tido e manifestado, quando constantemente verificamos comportamentos e atitudes que apenas contribuem para uma redução significativa muito acentuada da militância, da participação livre e desinteressada e de uma organização aberta que vá ao encontro de todos os que ainda estão dispostos a nela participar e militar.
Veja-se a questão dos “folclores”. Há que saber distinguir onde os eventos podem ou devem ser considerados como tal e aqueles que representam e fazem parte da história de um partido.
Qual o significado destas atitudes e manifestações de comportamentos relativos a uma organização?
Motivar aqueles que, na sequência de uma derrota nos locais próprios, possam intervir democraticamente, com força e na opinião de muitos com razão?
Contribuir por actos próprios para diminuir a credibilidade e a força de quem, com mérito venceu, mas que com atitudes e comportamentos desadequados condiciona e coloca em causa essa mesma credibilidade?
Referi, recentemente algo relacionado com “ileterados”. Condicionar a sempre chamada “reentré” com uma intervenção na sequência de eventos onde se formam, dentro do sistema aqueles que, “seleccionados a rigor”, ensinados pelos também sistémicos, irão assumir no futuro imbuídos da endémica formação a gestão política das organizações, aparelhos, etc., parece revelar uma mentalidade muito reducionista e fechada de qualquer sistema organizativo. São estas reduções sistemáticas a estes pequenos grupos de iluminados, como factor de intervenção política marcante que tem causado e continua a causar aquilo que também aqui já havia afirmado e designado de “divórcio” entre a política e os eleitores, munícipes, etc...
Lembrem-se que os “aparelhos” já desapareceram ou tendem a desaparecer. Não pretendam retomá-los.
 
Um abraço do
Manuel Pires
Publicado por vozeslivresmacao às 01:46
| Comentar | Adicionar aos favoritos
|
2 comentários:
De Luis Sergio Silva a 16 de Agosto de 2008 às 02:04
Aproveito estas palavras do meu AMIGO Social Democrata Manuel Pires, para dizer que apesar de militante Socialista, estou inteiramente de acordo consigo. No entanto, quer se queira ou não, o que conta é a expressão Nacional, o resto é treta.
A realidade é que as máquinas partidárias conseguem manipular a opinião pública!!!
No meu poonto de vista, o problema está na qualidade do eleitorado!!!
Está tudo dito!!! Não é por nada que costumo afirmar que a nossa democracia é muito jovem!!!
Só depois dos 50 anos, lá vamos!!! Neste momento, já tenho dúvidas que assim seja.
Os meus parabéns a José Socrates e ao PS, pelos passos muito simples que tem dado, para que esse objectivo seja atingido antecipadamente com alterações legislativas.
De Vitor Silva a 19 de Agosto de 2008 às 08:38
Não conheço pessoalmente o Senhor Manuel Pires, mas aprecio a sua sinceridade e frontalidade com que encara e diz as coisas. Independentemente de militarmos num partido, devemos ter as nossas opiniões e não nos deixar-mos manipular pela máquina partidária que por vezes é apenas de interesses esquecendo-se os estatutos e punindo a liberdade de expressão. Isso infelizmente acontece no PSD Mação, por onde já andei. Ou concordamos com tudo ou somos "cilindrados". Senhor Manuel Pires, não se arrependa de ser frontal e de defender as suas ideias e convicções, embora sabendo que um dia pode ser posto de parte, mas pelo menos terá a sua consciência limpa e tranquila. Até que Mação for comandado por certos Senhores que pensam que mandam em tudo e todos será difícil fazer melhor...

Comentar post

Contacto:

Vozes Livres Mação

Cria o teu cartão de visita

Pesquisar neste blog

 

Abril 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

Posts recentes

Cá se fazem, Cá se pagam!...

a boy for all seasons

Pedro Passos Coelho "o fa...

Banalidades do Correio da...

Vater Marques na Rede Nac...

Judiciária investiga uso ...

Posto de Vigia 74 - Outub...

Posto de Vigia de Setembr...

João Pereira reclama vari...

Ponto de Vigia - Julho/20...

EDP CONTINUA A MANTER NA ...

EIS O QUE ESTE NOVO PSD N...

PONTO DE VIGIA - JUNHO

MAÇÃO . VACARIA VIRA GALE...

CARDIGOS.JUNHO DE 1966 . ...

POSTO DE VIGIA

CONVÍVIOS COM VIDA DENTRO...

MAÇÃO E O BREJO QUE NÃO V...

OBRIGADO,ÉVORA ! SEM PALA...

AS VOLTAS DE UMA RENUNCIA...

QUEM QUER VIR A ÉVORA DE ...

ÁGUA POR FAVOR

"JAZ MORTO, E APODRECE"

SALDANHA ROCHA E CAMÂRA M...

Ponto de vigia Abril 2...

EURICO BRITO LOPES

DE ENCERRAMENTO EM ENCERR...

MAÇÃO - VALENÇA DO MINHO

UMA DAS CONDIÇÕES PARA QU...

Posto de Vigia

Arquivos

Abril 2013

Dezembro 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

tags

todas as tags

Links

Participar

Participe neste blog

subscrever feeds

blogs SAPO