Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Vozes Livres de Mação

Vozes Livres de Mação

Vozes Livres de Mação

Vozes Livres de Mação

26
Nov10

Posto de Vigia 74 - Outubro 2010

vozeslivresmacao

100 anos da Republica

image001.jpg

 

No passado dia 05 celebraram-se em Portugal os 100 anos da Implantação da República. E Mação não deixou também de ter a sua participação. A Sociedade Filarmónica União  Maçaense aderiu ao pedido da comissão organizadora das Celebrações e,  pelas dez e meia  da manhã,  conjuntamente  com  outras cerca de duzentas e cinquenta bandas,  tocou o Hino Nacional,  “A PORTUGUESA”, frente ao edifício dos Paços do Concelho.  Como  a foto documenta, Mação cumpriu, mas pelos mínimos. A receber a filarmónica estiveram o Sr. Presidente da Câmara, bem como o Sr. Vice – Presidente. Os Maçanicos  não aderiram! Meia dúzia de pessoas é muito pouco, para celebrar o centenário da República. Não é todos os dias que se celebram 100 anos sobre uma efeméride que, bem ou mal, veio alterar substancialmente o dia a dia dos Portugueses. ..

 

 

Obras (mal?) feitas pela CMM



image002.jpg

Foto 2

Não sei porquê mas … as obras têm sempre um pequeno defeito. Após a requalificação de alguns passeios, em certas zonas em Mação, no caso em apreço na Rua Ten. Cor. F. Pedro Curado (rua dos Correios) na sua ligação ao largo Infante  D. Henrique , (largo dos Bombeiros) ficou esta bela obra …foto 2. Para onde esgota a água da chuva quando esta surge e em  força?  No dia 3, bem como  no dia  8, conforme a  foto 3, já houve uma demonstração do que poderá suceder: um lago   naquela zona! Fica o alerta aos serviços    técnicos.



image003.jpg

Foto 3

 

O faz não faz!!

 

Na sessão de Junho da reunião da Vereação da CMM, foi  um munícipe informado, de uma forma algo intempestiva, a meu ver,  de que  uma obra do seu interesse  estaria pronta, “mas não antes de decorrido um ano.” -  Ver” Ponto de vigia”  de Julho!

Na sessão de Setembro, fui (fomos) informados e quase com pedido de publicação,  que a referida obra estaria numa fase adiantada e próxima da sua conclusão.

 Se era possível fazer a obra em tão pouco tempo, porquê a  resposta dada na reunião de Junho?

Acredito ter sido uma situação pontual. De  modo algum deve  sequer ficar  a ideia  de tal expressão ter sido  usada  irreflectidamente, tanto mais que se trata da  mais alta autoridade do Concelho. 

 

 

Decisões importantes

 

Assisto com alguma regularidade às sessões públicas da Vereação da CMM, e nesta última fiquei com a sensação algo estranha sobre a importância   e/ ou a relevância que se dão aos assuntos que são tratados   nas  reuniões  do Executivo.   Explico:

Pela maioria foi proposta  uma nova modalidade  de pagamento  e da respectiva   utilização das piscinas  cobertas.  Numa reunião de Câmara?

Não existirão temas que justifiquem  muito mais uma tomada de decisão da totalidade do executivo  Municipal,   que uma  simples decisão administrativa? Penso que sim.

 

 

Antonio Reis